Uma sessão da peça “Dos Policias en Apuros” terminou com a prisão de quatro pessoas do elenco no último domingo, (04), em Caracas, capital da Venezuela.

Os atores Pedro Wise e Isaías Ovalle, juntamente com a produtora Johana Villafranca e o diretor Leonam Torres, foram levados a delegacia e após prestarem depoimento foram detidos por “ridicularizar as verdadeiras funções da polícia, usurparem de função pública e usar uniforme e insígnias policiais“.

Em cartaz desde o dia 19 de Julho, a peça abordava de maneira humorada uma trama que envolve dois policiais gays.

Em suas redes sociais, o autor Aisak Ovalles, já havia comentado que o espetáculo corria risco de ser proibida pelas autoridades venezuelanas:

Quero dizer que a PNB, as Forças de Ações Especiais, o Serviço Bolivariano de Inteligência, a Guarda Nacional Bolivariana e todos os organismos de segurança deste país estão a nos procurando pela peça ‘Dois Polícias em Apertos’. Porquê? Não sei!“, disse ele.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Segundo um membro da produção da peça, os artistas não sofreram abusos e a defesa dos artistas acredita que eles serão liberados em breve sem acusações.