Que a Rússia é um país retrógrado e homofóbico, sem qualquer garantia de liberdade e Direitos Humanos, ameaçando prender cidadãos LGBTs, isso sem falar no verdadeiro  massacre realizado com animais de rua recentemente afim de “limpar o país para a Copa”, nada disso é novidade. Infelizmente.

Mas já que não tem como cancelar o Mundial que a Fifa decidiu por ser neste lugar horrível, a jornalista global e diva do Vale, Fernanda Gentil, que trabalha justamente na cobertura do evento pela TV Globo e SporTV, teve que embarcar assim mesmo, né?

A Copa começa justamente nesta quinta, e Fernanda – que vive um relacionamento com sua esposa, a jornalista Priscila Montandon – já se encontra na capital do país, em Moscou.

De lá, em um link ao vivo com Fátima Bernardes durante o Encontro da última quarta (13), a jornalista esportiva falava com a apresentadora sobre a situação decadente dos Direitos Humanos e LGBTs na Rússia:

“Aqui há uma lei que proíbe todo tipo de ‘propaganda-gay’, que seria qualquer apoio a diversidade ou demonstração de afeto entre pessoas do mesmo sexo”, contava ela. Deve ter doído na alma dizer isso, né Fer?

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Mas foi ao finalizar sua entrada ao vivo no programa, que Fernanda Gentil sambou de salto 15 ao se despedir de maneira irônica e não menos verdadeira brincando com o país homofóbico ao dizer: ”A gente aqui já chegou bem orientado. Eu, por exemplo, vim bem menininha.”, afirmou causando risos em Fátima e todos os convidados do programa.

Boa sorte, Fer! E volta logo!

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).