Uma mulher trans foi espancada e teve sua cabeça esmagada por um grupo de pessoas. O caso aconteceu na última segunda-feira, no distrito de Jalpaiguri, no leste da Índia. Nagrakata, de 32 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital.

De acordo com a mídia local, ela foi atacada após ser acusada de roubar de crianças, o que resulta, na maioria das vezes, resulta em linchamento dentro do município.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Segundo alguns relatos de testemunhas, um grupo de pessoas perseguiu a mulher em uma linha férrea da cidade. Em seguida, pegaram pedras e jogaram na cabeça de Nagrakata, enquanto a repreendiam verbalmente.

Vídeos gravados por pessoas que estavam próximas ao local do crime, mostram ela ajoelhada no chão, coberta de lama e sangue.

Após o ocorrido, a polícia local e ambulâncias foram acionadas. “Conseguimos resgatar a vítima, mas a pessoa morreu a caminho do hospital”, disse Debasish Chakraborty, sub-oficial da Polícia.

VEJA TAMBÉM:  Estudante da Uganda é torturado e expulso da escola após ser obrigado a confessar sexo gay

A polícia ainda disse que não houve qualquer sequestro de criança, foram apenas rumores espalhados pelos moradores da cidade. De acordo com Chakraborty, seis pessoas foram presas e as investigações estão em andamento.

Fonte: Gay Star News.