Uma mulher transexual de 40 anos foi assassinada pela sua companheira, na cidade de Serra, região metropolitana do Espirito Santo. A vítima teve o corpo queimado enquanto dormia.

De acordo com informações obtidas pelo UOL, o crime teria sido motivado por ciúmes. A suspeita é uma mulher transe de 21 anos e morava com a vítima.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Mulher trans é queimada viva por sua companheira (Foto: Pixabay)
Mulher trans é queimada viva por sua companheira (Foto: Pixabay)

O fogo provocou queimaduras no peito e no tórax da vítima. Ela foi socorrida para a UPA de Castelândia e com queimaduras em 40% do corpo. As chamas consumiram a residência do casal.

A autora do ataque foi encaminhada à Delegacia de Plantão Especial da Mulher da Região Metropolitana e responderá por homicídio qualificado por emprego de fogo e impossibilidade de defesa da vítima.

Violência Doméstica Trans

Em junho a deputada estadual por São Paulo, Erica Malunguinho, protocolou um projeto de Lei na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo para que mulheres trans fossem incluidas no auxílio emergencial para vítimas de violência doméstica.