Uma mulher de 20 anos foi condenada a oito anos e seis meses de prisão após agredir um homem em um ataque homofóbico. O fato aconteceu na Parada LGBTQ de Brighton, na Inglaterra, onde a jovem jogou uma garrafa de vinho na cabeça da vítima, fazendo com ela perdesse a audição.

De acordo com o London Economic, o tribunal ouviu a agressora, Jasmine Shephred, que confessou o crime. Antes do golpe, ela seguiu o homem até o supermercado e, também, o agrediu verbalmente.

O responsável pela investigação, oficial Robert Rollins, de Worthing CID, disse que “Shepherd teve um desgosto imediato em relação à vítima e o abuso verbal que ela gritou era abominável”.

Ele também disse que o ataque causou à vítima um “enorme estresse, dores e preocupações”. Para Rollins, a sentença é um alerta aos homofóbicos. “Esperamos que esta declaração seja um aviso gritante para todos que esse comportamento é totalmente inaceitável e não será tolerado”, declarou.