Um adolescente muçulmano gay apaixonado por maquiagem vem fazendo sucesso ao usar as suas redes sociais para apoiar outros jovens homossexuais durante a pandemia de coronavírus.

Thee Amir tem 18 anos e vive em Edimburgo. Entre seus seguidores estão ninguém menos que a rapper Nicki Minaj.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Amir disse ao PinkNews que sua família “descobriu” que ele era gay quando começou a namorar outro garoto: “Quando eles me confrontaram sobre isso, definitivamente não foi fácil, porque eu sou muçulmano e minha identidade sexual é contrária à nossa fé”.

“Tem sido uma enorme curva de aprendizado para meus parentes, porque normalmente não conversamos sobre assuntos como identidade sexual, apenas presumimos que um homem vá sempre ficar com uma mulher”, disse ele.

Gay Muslim makeup influencer: How I came out and found people like me
The amir.

Pra sua sorte, aos poucos os pais foram aceitando melhor a sua realidade: “Felizmente, as coisas começaram a se acalmar nos últimos anos. Tem sido um processo lento de aceitação que exigiu muita explicação e compreensão de ambos os lados”.

VEJA TAMBÉM:  Ex-bissexual? Nicki Minaj diz que "agora é hétero" e divide opinião dos fãs

Há cerca de quatro anos, pouco depois de sua família descobrir que ele era gay, ele se mudou da Escócia para Manchester e se sentiu perdido.

Sobre seu trabalho como influenciador digital e a seguidora famosa que ganhou, ele declarou:  “A parte mais emocionante de se tornar uma voz é ouvir como ajudei outras pessoas, mas Nicki Minaj me seguindo foi inacreditável!”

Thee Amir em uma de suas makes incríveis.

Desde o surto de coronavírus ele vem se esforçando pra postar mais vídeos: “Desde que as medidas de bloqueio impostas por causa da pandemia, tenho trabalhado ainda mais pra gerar conteúdo”.

E a razão é a seguinte: “O isolamento social tem sido especialmente complicado para os membros da comunidade LGBT + que ainda estão no armário e moram com sua família”, disse ele, “pois eles sentem que não podem estar completamente ao seu redor”.

VEJA TAMBÉM:  Imagina na DR! Afinal, Nicki Minaj e Eminem estão namorando?

Como jovem muçulmano gay, Amir tem conselhos específicos para oferecer a outros muçulmanos LGBT+: “Não há pressa para sair do armário. Faça isso no seu próprio tempo, quando você se sentir confortável. Todas as famílias religiosas têm suas próprias opiniões e é difícil prever como elas reagirão, então você precisa ser cauteloso”.

Ele ainda afirmou: “É importante conversar com seus amigos e pessoas em quem você confia sobre como está se sentindo ou tentar encontrar um sistema de suporte on-line como eu recorri por um tempo, pois há muitas pessoas por aí que vão passar pelas mesmas dificuldades”.

E concluiu: ”Sempre saiba seu valor e permaneça fiel a quem você é, pois ninguém pode tirar isso de você.”

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).