Um casal gay denunciou um motorista de Uber que ligou para a polícia para “denunciar” que o filho da família homoafetiva que estava no seu carro, precisava de uma mãe.

James Moed, seu marido e seu filho recém-nascido moram no Reino Unido, mas recentemente fizeram uma viagem a San Diego, na Califórnia.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Em uma série de tweets, Moed contou que a família recebeu uma batida policial na porta do quarto do hotel, onde estavam hospedados os três, por volta das 13h30 da última quarta-feira. As autoridades exigiam que os homens mostrassem seus identificações e da criança.

“Acontece que o motorista do Uber que nos levou ao hotel chamou a polícia – nos acusando de tráfico de crianças!”, explicou James em seu Twitter.

VEJA TAMBÉM:  Vídeo mostra transexual atacada a pauladas e cadeiradas em lanchonete do DF

E não parou por aí: “O mesmo motorista disse que nosso bebê chorava e precisava de sua mãe. Ele simplesmente não entendeu que o filho tem dois pais.”

Depois que os homens explicaram que eram um casal do gay com filho, e não traficantes de crianças, a polícia foi embora constrangida com a situação. Entretanto, os dois ficaram em choque acordados pelo resto da noite.

Ambos se perguntavam o que poderia ter acontecido se não estivessem carregando o passaporte do filho ou se os policiais não tivessem sido tão compreensivos.

“Pra onde minha família homoafetiva pode viajar com segurança?”, questionou James em seu Twitter.

A Uber emitiu uma nota pedindo desculpas pelo acontecido e garantindo que descadastrou o motorista homofóbico de sua plataforma, lembrando que sua conduta não condiz com os valores da empresa.

VEJA TAMBÉM:  Casal gay é agredido e cuspido em piscina pública por usar “sungas muito justas e brinco”
Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).