Skyler Sorensen, um homem abertamente gay e mórmon, decidiu contar ao mundo porque ele e sua esposa – sim, esposa! – Amanda Sorensen são “felizes” em seu “casamento de orientação sexual mista” (uma mulher hétero e um homem gay).

Não é novidade que a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (SUD) reprime e condena seus fieis LGBT+. Sendo assim, Skyler acredito ter encontrado uma forma de não contrariar sua fé e viver sua vida (ou não vivê-la?), tendo um casamento hétero que ele chama de “casamento celestial”, ainda que não seja de acordo com sua orientação sexual.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Mas se engana quem pensa que o rapaz nunca se relacionou sexualmente com sua esposa: “A atração sexual veio após muita insistência, erro e prática”, disse ele ao portal Pink News.

E acrescentou: “Temos nossas desavenças, é claro, como todos os casamentos, mas ser gay não tem sido o maior problema em nosso casamento.”

VEJA TAMBÉM:  Polícia do Egito submete 15 pessoas a "exame anal" pra "comprovar homossexualidade" e prendê-las

O “casamento de orientação mista” de Skyler e Amanda virou notícia e viralizou na Internet após um Tweet onde ele dizia: “Estar em um casamento de orientação mista é como ir para a Disneylândia e ter algumas pessoas dizendo que você estaria melhor no Six Flags. Six Flags pode ter mais montanhas-russas, mas nunca vai bater o lugar mais feliz do planeta.”

O casal mora em Utah, onde 68% da população é mórmon, uma proporção maior do que a proporção de mulheres que trabalham em Utah.

Eles se conheceram há menos de cinco anos, após serem designados para a mesma ala, ou congregação mórmon, mas Amanda não sabia que Skyler era gay até completarem seis meses de amizade.

VEJA TAMBÉM:  Senado aprova pena maior para crimes de LGBTfobia

Foi quando ele contou a ela que pretendia passar a vida com uma mulher para obedecer aos ensinamentos SUD, que eles começaram a discutir a ideia de um casamento.

Amanda contou à reportagem: “Eu gostaria que Skyler não fosse gay? Sim, às vezes. Mas eu não gostaria de estar com ninguém além dele. “

Skyler e sua esposa: relacionamento entre homem gay e mulher heterossexual.
Skyler e sua esposa: relacionamento entre homem gay e mulher heterossexual.

E acrescentou: “Ele cresceu sempre sabendo que nunca estaria com um cara. Essa sempre foi sua convicção, sua crença e seu desejo. Skyler é tão gentil e sensível. Amo suas qualidades.”

Ele garante que é melhor estar em um “casamento de orientação mista” do que ser solteiro. Enquanto tentava fazer seu casamento funcionar, o casal consultou um conselheiro mórmon especializado em “relacionamentos de orientação mista”.

Outro anti-LGBT, o Dr. Ty Mansfield, terapeuta de prática privada em Utah e professor adjunto da Universidade Brigham Young + Mórmon, onde Skyler é atualmente estudante, disse ao New York Post que o arranjo familiar dos dois não é incomum.

VEJA TAMBÉM:  Lei que criminaliza homofobia e transfobia no Estado de SP completa 17 anos

Segundo ele, de 40 a 60 por cento de seus clientes estavam “com conflitos com a sua sexualidade ou identidade de gênero.

E para estes fieis, as opções para casais como os Sorensens, disse Mansfield, dentro da crença dos Mórmons, são uma vida inteira de celibato ou um “casamento de orientação mista”.

Skyler e a esposa em seu casamento.
Skyler e a esposa em seu casamento.

Em 2015, a igreja mórmon introduziu uma política anti-LGBT + declarando que todos os filhos de pais gays ou mães lésbicas foram proibidos de serem batizados ou se tornarem membros da Igreja por toda sua infância e até que “negassem” o relacionamento de seus pais.

Russell M Nelson, o atual presidente da igreja, apoiou fortemente a política e disse que era “a vontade de Deus”.

Ainda em fevereiro destes ano (2020), a igreja SUD lançou um novo “manual geral” no qual detalhava punições severas para membros trans.

Quanto tempo perdido e infelicidade, não é mesmo?

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).