O apresentador do telejornal da TV Record do Distrito Federal, Matheus Ribeiro, não teve papas na língua pra comentar ao vivo uma matéria que denunciava uma pseudo-clínica em Brasília que prometia tratamento de “cura gay” (vulgo “turtura”) pela bagatela de R$ 30 mil reais.

Vale lembrar que “cura gay” é algo que não existe. Não se reverte a sexualidade de qualquer hétero, como não se reverte a sexualidade de qualquer pessoa LGBT, além disso ser proibido pelo Conselho Federal de Psicologia do Brasil, além de outros órgãos de saúde mundiais.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O momento surpreendeu, uma vez que Matheus Ribeiro é contratado da TV Record, que é do fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo. Sabe-se que, ainda que a “cura gay” seja uma falácia e contra diretrizes da Medicina e Psicologia, dentro da Igreja Universal, existem charlatões ainda hoje em 2020 que prometem “livrar fieis da homossexualidade”.

VEJA TAMBÉM:  Homofóbicos? Funcionários da Record acusam Matheus Ribeiro de ser contratado só por sua sexualidade

A própria contratação do jornalista pela Record surpreendeu em maio deste ano, visto que a emissora sempre tende a não abordar o tema da diversidade em suas pautas, programas e contratados. Matheus Ribeiro ficou conhecido no ano passado por ter sido o primeiro jornalista abertamente gay a apresentar o Jornal Nacional quando trabalhava na TV Globo.

Jornalista Matheus Ribeiro foi o primeiro apresentador abertamente gay do Jornal Nacional, quando trabalhou na TV Globo. (Foto: Reprodução / TV Globo)
Jornalista Matheus Ribeiro foi o primeiro apresentador abertamente gay do Jornal Nacional, quando trabalhou na TV Globo. (Foto: Reprodução / TV Globo)

Comentando a matéria sobre a pseudo-clínica de “cura gay” ao vivo no DF Record, Matheus Ribeiro lembrou que desde a década de 90 a Organização Mundial de Saúde deixou de classificar a homossexualidade como doença: “Em 17 de maio de 1990, a OMS deixou de considerar o amor entre duas pessoas do mesmo sexo uma doença. 30 anos se passaram e hoje, acredite, elas se casam. Portanto, só faz sentido a gente falar de uma cura, a cura para o preconceito”.

Assista ao momento abaixo:

Arrasou, né? Será que o Bispo Edir Macedo assistiu?
Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).