A Estação Primeira de Mangueira decidiu o samba-enredo que vai apresentar mna Marquês de Sapucaí em 2019. O tema será “História pra ninar gente grande”, de autoria do carnavalesco Leandro Vieira.

A letra propõe recontar a história do Brasil e cita o nome da vereadora Marielle Franco, morta a tiros no dia 14 de março no Rio.

Tomaz Miranda, um dos compositores da obra, comemorou a decisão: “Fomos campeões na Mangueira. Pela memória de Marielle e seu motorista Anderson Gomes e toda luta que ainda virá. São verde e rosa as multidões”, escreveu.

“A Mangueira não é escola de samba encomendado, a Mangueira é escola de samba escolhido pela comissão julgadora. É uma missão difícil, acho que é o pior momento para o presidente de uma escola de samba e nessa hora quem tem que dar o resultado sou eu. O samba vencedor foi o número um, assinado por Domênico. Esse é o samba vencedor do carnaval de 2019”, disse o presidente.

O samba campeão é de autoria de Deivid Domênico, Tomaz Miranda, Mama, Marcio Bola, Ronie Oliveira e Danilo Firmino. A final teve ainda outros dois concorrentes na disputa pela autoria do samba.

 

Assista também:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).