O marido do prefeito Edgar de Souza, da cidade de Lins, interior de São Paulo, o modelo Max Souza, sofreu ataques homofóbicos em seu Instagram, após publicar uma foto vestindo a camisa do Corinthians.

Pouco tempos depois do compartilhamento, o modelo editou a legenda da foto e comentou sobre o episódio. “Infelizmente em pleno século 21 ainda temos que conviver com esse tipo de comportamento. Vamos praticar mais o RESPEITO, pois essa palavra se enquadra em qualquer meio na sociedade, não podemos achar que isso é normal”, escreveu.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Max ainda falou sobre sua paixão pelo futebol e a capacidade que o esporte tem de transformar vidas.

“Quem me conhece sabe que eu curto muito futebol, sou corintiano e o meu programa toda quarta feira à noite é assistir futebol. 😁 acredito muito que o esporte tem o poder de transformar a vida das pessoas”, ressaltou ele.

VEJA TAMBÉM:  Marido de prefeito paulista, Max Souza, desabafa sobre racismo e homofobia

Foram inúmeros comentários machistas e homofóbicos, dizendo que ele não merecia “vestir a camisa”, tampouco “falar sobre futebol, porque isso não é coisa de viado”.

VEJA TAMBÉM:  Mister Brasil Gay, Max Souza lança projeto social pra levar cestas básicas a ONGs LGBT

Vale ressaltar que, nas últimas semanas, após o Supremo Tribunal de Justiça Desportiva proibir atitudes homofóbicas nos estádios, vários clubes de futebol fizeram campanhas contra a LGBTfobia no esporte.