Um dos maiores e principais festivais de música do mundo, o Rock In Rio, está trazendo ao Brasil grandes nomes da música nacional e internacional, como Foo Fighters, Pink, Drake, Ivete Sangalo, dentre muitos outros.

Entretanto, arte também é política. E sempre foi assim na história do mundo. Grandes festivais musicais sempre foram também locais de manifestações populares por parte dos artistas e do público.

Assim sendo, na noite de ontem (27) durante a apresentação de ontem do DJ brasileiro Alok, o público se empolgou e entendeu o recado quando a estrela da noite disse aos milhares presentes: “Vamos excluir tudo de ruim que há na nossa vida”.

Foi quando a multidão começou a gritar em uma só voz o grito que se popularizou entre a população brasileira no último Carnaval: “Ei Bolsonaro, vai tomar no c*”.

A expressão ganhou destaque e chegou a ser um dos assuntos mais comentados no mundo nas redes sociais.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Assista abaixo ao momento:

O Rock In Rio teve manifesto de diversos artistas sobre pontos extremamente críticos, que mesmo sem mencionar Jair Bolsonaro, respingam em seu governo retrógrado, como o combate ao desmatamento da Amazônia, a morte da vereadora Marielle Franco, a violenta e truculenta polícia matando a esmo pelas comunidades e periferias do Brasil, dentre outros temas.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).