Mal saiu o novo sinlge “I Love You Too” em parceria com Orochi, nesta na última sexta-feira (18), Ludmilla foi vítima de ataques racistas em suas redes sociais e acabou desativando as suas contas oficiais do Twitter e Instagram.

Em apoio à cantora e à esposa Brunna Gonçalves, os fãs da cantora fizeram a hashtag ESTAMOS COM VOCÊ LUDMILLA chegar aos Treding Topics do Twitter.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O Metrópoles, através da coluna de Leo Dias, procurou a assessoria de Ludmilla e a equipe da cantora de “Verdinha” confirmou que a cantora foi alvo do crime de racismo e emitiu a seguinte nota:

“Confirmamos que na noite da sexta (18/12), a cantora Ludmilla desativou todas as suas redes sociais. Durante o dia, a cantora já havia reclamado com sua equipe sobre os ataques racistas que vinha sofrendo chegando até a responder alguns tweets que diziam que ela responderia caso “jogassem casca de banana” entre outros insultos racistas e misóginos. Tais ataques vêm ocorrendo ao longo da carreira de Ludmilla que, como é sabido, vem se posicionando não só contra crimes de raça, mas também de gênero.

VEJA TAMBÉM:  Ludmilla nega boato de traição e vai processar autor de fake news

Ressaltamos que, ao contrário de qualquer especulação, tal ato não faz parte de nenhuma estratégia de marketing e é simplesmente uma consequência de seu cansaço diante do ódio destilado nas redes sociais. Informamos ainda que todas as postagens de cunho racista e homofóbicas estão sendo documentadas para encaminhamento à justiça.
Por ora, aguardamos o desejo de Ludmilla de voltar às suas redes sociais. Sendo assim, não temos mais nada a declarar”.