A Lojas Renner foi muito criticada na Internet após um episódio acontecido em uma de suas lojas, quando o cliente Vinicius foi agredido por um homofóbico dentro de suas dependências e o segurança que viu o caso nada fez. E pior do que isso, quando agiu, foi pra defender o homofóbico que começou a agressão.

Agora, a marca acaba de lançar em suas redes sociais um vídeo onde não apenas reconhece o erro, mas pede desculpas, se solidariza com a vítima e também promete atitudes em relação ao caso, afirmando ter tolerância zero com qualquer tipo de discriminação.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Estamos revisando os processos e treinamentos para garantir zero tolerância contra qualquer tipo de discriminação nas lojas”, promete a loja, que além disso afirma que o vídeo gravado com o episódio foi entregue às autoridades.

O pronunciamento ainda declara: “Vamos trabalhar para sermos melhores para todo os clientes e que fazemos coro ao chamado contra a homofobia, a lesbofobia, a transfobia e qualquer outro preconceito, seja de gênero, raça, classe social ou qualquer outro, bem como contra qualquer violência física e verbal. Porque, pra nós, amar é o que importa”.

VEJA TAMBÉM:  Casa de eventos é condenada a pagar indenização por recusar receber casamento gay

Assista abaixo ao posicionamento completo da loja publicado em seu IGTV, onde teve mais de 800 mil visualizações até agora:

View this post on Instagram

Como uma marca que valoriza a diversidade e que se inspira na igualdade, na pluralidade e no respeito, somos totalmente contra qualquer ato de discriminação e violência. Por isso não compactuamos com o episódio que ocorreu no dia 12 de junho, em uma de nossas lojas. Assista ao vídeo e confira o nosso posicionamento. . . . #PraCegoVer: o post e um vídeo com fundo branco e cartelas com texto que declara o posicionamento da Renner quanto ao ocorrido no dia 12 de junho em uma de nossas lojas, quando o nosso cliente Vinícius foi agredido por outro cliente. O texto reconhece que podíamos e devíamos ter feito mais e reafirma que a Renner é uma marca que valoriza a diversidade, a igualdade, a pluralidade e o respeito. E, logo, repudia qualquer ato de violência ou discriminação. Dessa forma, declara que estamos revisando os processos e treinamentos para garantir zero tolerância contra qualquer tipo de discriminação nas lojas. Diz também que envolvemos representantes de toda a comunidade LGBTQIA+ para que participem deste processo, tanto colaboradores quanto agentes externos. Além disso, afirma que o vídeo gravado com o episódio foi entregue às autoridades e pede desculpas públicas ao cliente Vinicius. O texto ainda declara que vamos trabalhar para sermos melhores para todo os clientes e que fazemos coro ao chamado contra a homofobia, a lesbofobia, a transfobia e qualquer outro preconceito, seja de gênero, raça, classe social ou qualquer outro, bem como contra qualquer violência física e verbal. Porque, pra nós, amar é o que importa.

A post shared by Lojas Renner (@lojasrenner) on

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).