Os líderes católicos na Alemanha organizaram uma bênção em massa de casais do mesmo sexo em desafio aberto à proibição do Vaticano. No mês passado, a Congregação para a Doutrina da Fé insistiu que Deus “não abençoa o pecado” ao responder à pergunta se as igrejas católicas podem abençoar as uniões do mesmo sexo.

Segundo o Pink News, em resposta à proibição, os católicos LGBT+ e seus aliados em todo o mundo expressaram sua decepção e raiva, pois muitos esperavam que o Papa Francisco pudesse levar a Igreja Católica a uma direção mais progressista. O grupo de líderes católicos na Alemanha agendou a bênção em massa das uniões do mesmo sexo para 10 de maio e intitulou o evento “O amor vence, serviço de bênção para os amantes”, segundo o Crux.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O evento terá bênçãos com líderes católicos em todo o país, e o grupo escreveu em seu site: “O amor vence. O amor é uma bênção. Pessoas que se amam são abençoadas. Em 10 de maio de 2021, nós os convidamos a vários lugares na Alemanha para serviços de bênção. Não queremos excluir ninguém. Celebramos a diversidade dos diferentes planos de vida e histórias de amor das pessoas e pedimos as bênçãos de Deus. Sem qualquer segredo”.

VEJA TAMBÉM:  Motorista de aplicativo pede para casal gay não se beijar em seu carro pois "é cristã"

Para os católicos LGBT+ aliados na Alemanha que não estarão em uma bênção, o grupo informou que no mesmo dia eles usam “símbolos criativos para tornar visíveis quantas pessoas na Igreja percebem a diversidade colorida de diferentes planos de vida e histórias de amor das pessoas como um enriquecimento e uma bênção”.

Líderes católicos se espalham pelo mundo em protestos

O grupo alemão está entre muitos líderes católicos em todo o mundo que prometeram desafiar a proibição do Vaticano de bênçãos para pessoas do mesmo sexo. A Pfarrer-Initiative (Priests ’Initiative), um coletivo de mais de 350 padres e diáconos liderados pelo líder reformista da Igreja Católica, padre Helmut Schüller, declarou no mês passado que” não rejeitariam nenhum casal”.