A covereadora do Quilombo Periférico (PSOL-SP), Samara Sosthenes, registrou Boletim de Ocorrência após um homem, que estava em uma moto, ter parado em frente a sua casa durante a noite de domingo (31) e ter efetuado inúmeros disparos para o alto e, felizmente, ninguém ficou ferido. De acordo com a Revista Fórum, Samara acredita que tal ato tenha influencia política e de gênero.

 

Samara Sosthenes
Covereadora Samara Sosthenes (Foto: Arquivo pessoal)

Vale lembrar que, na semana passada, duas vereadoras, e também transexuais, acabaram vítimas de atentados: Erika Hilton (PSOL) e a covereadora Carolina Iara, do Mandato Feminista (PSOL). O mandato coletivo Quilombo Periférico se manifestou pelo Twitter e declarou que o atentado não pode ser entendido como um “fato isolado”.

“O fato ocorrido não está isolado, uma vez que outras vereadoras eleitas pelo PSOL, sofreram atentados e ameaças diretas a sua integridade física. Como atentado à casa da covereadora Carolina Iara e a invasão e ameaça ao gabinete da vereadora Erika Hilton”, declarou o Quilombo Periférico.