Um restaurante de comida chinesa em Santos, São Paulo, causou indignação nas redes sociais ao lançar uma promoção de rodízio para casais, mas a publicação especificava que o casal deveria ser formado por “homem + mulher”

“Tem promo para o casal! (homem + mulher) a noite toda”, especificava o post feito no instagram.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O cabeleireiro de 30 anos, Bruno Possidonio, ao ver a publicação entrou em contato com o restaurante e questionou se um casal homossexual poderia entrar na promoção. “Ele confirmou que não. Pagaríamos o valor cheio, cada um, se quiséssemos comer lá. Eu argumentei, disse que existem outros tipos de casais, que não existe só hétero no mundo. Ele me disse que dois homens formavam uma dupla, não um casal”, relata em uma publicação.

VEJA TAMBÉM:  Vladmir Putin diz que, enquanto ele for presidente da Rússia, não haverá casamento gay no país

Em nota, o restaurante afirma que lamenta o “mal entendido” e que medidas estão sendo tomadas para que o erro nunca se repita. Ainda acrescenta que “Discriminar o casal nunca foi nossa intenção. A promoção foi feita com valores distintos entre homens e mulheres por conta do consumo de cada parte. Comercialmente, conforme os históricos da casa, em festivais japoneses o homem geralmente consome mais alimento do que as mulheres, por isso o valor é diferenciado. Portanto, quando colocamos um valor por duas pessoas (um homem e uma mulher), o consumo de um acaba sendo compensado pelo do outro”.

Matéria feita com informações do site G1.