Uma professora abusou de um aluno adolescente para “ensina-lo como ser heterossexual”. O crime aconteceu na Inglaterra e foi denunciado pelo jornal Mirror.

Além de ministrar aulas, Tedra Fluellen, de 52 anos, frequentava a mesma igreja que o menino, que havia acabado de “sair do armário”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A professora pediu que o jovem fosse até sua casa para que a ajudasse em algumas tarefas, mas chegando lá passou a insistir que o jovem “não precisava ser gay”.

Professora abusa de aluno adolescente para "ensinar a não ser gay"
Professora abusa de aluno adolescente para “ensinar a não ser gay” (Foto: Reprodução / Facebook)

A avó da criança aceitou a “ajuda” oferecida pela mulher, mas não sabia ao certo do que se tratava. “Ela disse que estava a tentar convencê-lo a não gostar de meninos”, declarou a tia do garoto.

O menino disse à polícia que os abusos ocorreram por quatro vezes: uma na casa dele, outra na casa da professora, outra num parque de estacionamento e ainda num armazém.

VEJA TAMBÉM:  Pastor evangélico e novo amigo de Kanye West vai liderar marcha por cura gay

Fluellen exigia que o garoto a chamasse de “mamã”. Ela foi presa após a avó da vítima pegar mensagens no celular do jovem.