Os atos de brutais de homofobia não estão restritos apenas às grandes cidades.

Na última segunda-feira (17), um professor foi espancado fortemente na pequena cidade de Serra Branca, no interior da Paraíba. Luiz Carlos Rodrigues Alves, de 45 anos, foi atraído para a zona rural do município e agredido de forma brutal, com pedaços de madeira e até um chicote.

A ação teria sido motivada por um vídeo vazado do professor fazendo sexo oral em uma praça da cidade. A polícia local está tratando o crime como homofobia e investigando possíveis autores, que ainda não foram identificados.

Luiz foi encontrado nu e com várias marcas de agressão pelo corpo, incluindo uma fratura exposta na mão. Ele passou por cirurgia e está internado no Hospital de Trauma de Campina Grande. O estado de saúde dele é estável.

Uma TV local fez uma reportagem sobre o caso, incluindo uma entrevista com o professor. Confira abaixo:

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Avatar
21 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.