Doug Lamborn, um deputado americano obviamente do Partido Republicano, está movendo esforços contra a emissora de TV PBS, que transmite o desenho Arthur em sua programação.

Acontece que em um dos episódios da nova temporada de Arthur, há um casamento gay do personagem professor Ratburn, onde todos os alunos são convidados para a cerimônia de celebração da união dos dois.

Em uma coluna para o site de direita The Daily Signal , Lamborn afirmou que “os escritores da PBS consideraram apropriado pregar suas visões liberais sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo para exibí-las às crianças da América”.

Agora, sem conseguir tirar a emissora do ar (seu intuito original ao se manifestar contra a exibição do desenho), ele quer propor uma medida que visa cortar todo e qualquer fundo público à emissora, que chega através da Corporação para Radiodifusão Pública, que financia a PBS.

Professor Ratburn se casa em Arthur.

Lamborn explicou que seu projeto é apoiado pelo Conselho de Pesquisa da Família , um grupo de lobby anti-LGBT, bem como pelo pastor anti-gay de Trump, Franklin Graham.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O criador do desenho Arthur , Marc Brown, se defendeu e disse  que a resposta ao episódio foi extremamente positiva, apesar do chilique do político.

Ele afirmou à CBC do Canadá : “Isso me fez sentir ótimo por termos conseguido fazer algo que foi realmente útil para tantas pessoas. A arte reflete a vida, a vida reflete a arte e as crianças precisam saber naturalmente do que está acontecendo no mundo. Eu odiaria viver em um mundo falso e censurado. Disso não abro mão”.

E acrescentou: “Eu não sou diferente de milhões de outras famílias ao redor do mundo que têm pessoas que amamos que são LGBTs. Me deixa triste que estas pessoas não sejam representadas na mídia”.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).