Um flagra de homofobia e misoginia lamentável aconteceu em uma unidade da academia Biotech, de Uberaba (MG), enquanto um aluno fazia agachamento.

Um personal trainer que se identifica como Rafael Tiochico nas redes sociais fez chacota em seus Stories do Instagram pela maneira que um homem que fazia o exercício para glúteo e pernas.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

No vídeo, publicado na última segunda-feira (18), ele questiona a masculinidade de um aluno da academia pela maneira como decidiu treinar: “Aí a gente sai pra tomar água, chega um merda e faz aquilo ali na gaiola de agachamento! Mano, se você é homem e quer fazer isso aí…”, diz ele no primeiro Story.

Academia Biotech de Uberaba. Pode fazer agachamento sem ter a masculinidade questionada por lá? (Foto: Reprodução / Instagram)
Academia Biotech de Uberaba. Pode fazer agachamento sem ter a masculinidade questionada por lá? (Foto: Reprodução / Instagram)

Na publicação seguinte ele continua: “Não faz gaiola de agachamento não! Pega a barra do chão! Você tá atrapalhando o exercício! Só tem 1 gaiola pra fazer isso, daí com esse tantinho de peso que você tira do chão… Treina igual homem, não treina igual menininha não!”

É verdade que, em suas considerações sobre o aluno poder usar halteres soltos ao invés de monopolizar todo aparelho pra fazer seu exercício, o instrutor poderia até ter razão e a sugestão poderia acontecer amigavelmente sem problema.

VEJA TAMBÉM:  JK Rowling divulga loja anti-trans em seu Twitter

Mas a questão aqui – grave – é questionar o gênero ou a masculinidade de alguém de acordo com o modo como essa pessoa treina, ao dizer que “Homem não faz assim ou assado”, ou pior, que “menininha” não saberia treinar adequadamente ou ter força, em um combo comentários que só expõe homofobia e misoginia.

Assista abaixo aos vídeos postados publicamente por Rafael em seus Stories:

 

Até o momento, a academia Biotech de Uberaba não se pronunciou sobre o ocorrido, apenas dizendo a um aluno que reclamou sobre o fato, que “tomaria providências” sem dar mais detalhes.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).