Uma mãe foi agredida ao tentar defender seu filho de agressões homofóbicas cometidas pelo seu próprio marido. O crime aconteceu na cidade de Riacho Fundo I, em Brasília.

O rapaz conversava com travestis que moravam em uma residência localizada na quadra 06 conjunto 01 da cidade, quando foi surpreendido pelo pai com tapas e bofetadas. Segundo o site Saúde & Direitos Socias, relatos de vizinhos apontam que a mãe – que chegou pra tentar impedir a violência – também foi agredida.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ela se agarrou ao seu filho e começou a gritar: “Prefiro ter um filho gay, a um machista espancador de mulheres”.

Testemunhas ainda relataram que a situação é recorrente. Segundo relatos, a mulher, que se chama Maria Regina e têm três filhos com o companheiro, já defendeu o filho de agressões do marido outras vezes.