Após diversos episódios recentes e extremamente controversos envolvendo acusações de transfobia, a autora da saga Harry Potter, JK Rowling resolveu se pronunciar no Twitter sobre o assunto.

A autora disse amar pessoas transexuais, mas disse que desconsiderar questão do sexo biológico é errado.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Se sexo não é real, não há atração de mesmo sexo. Se sexo não é real, a realidade vivida por mulheres globalmente é apagada. Eu sei e amo pessoas trans, mas apagar o conceito de sexo remove a habilidade de muitos discutirem significativamente suas vidas. Não é ódio falar a verdade.”, postou.

VEJA TAMBÉM:  JK Rowling é duramente criticada por seguir youtuber transfóbica

Neste ponto, JK Rowling apenas ignora a questão do gênero, considerando apenas “sexo biológico” por sua fala como o fator determinante para se considerar o gênero e as problemáticas de alguém.

Nas respostas, uma personalidade da TV do Reino Unido pediu para ela falar com uma pessoa queer. Rowling disse que já conversou e que a tal pessoa concordou com ela.

“Uma das minhas melhores amigas me ligou. Ela mesma se descreve uma lésbica masculina. Foi difícil de falar, porque ela estava gritando muito, mas eu só consegui decifrar o ‘CARALHO SIM!’.”

Em seguida, a autora reclamou da quantidade de rótulos que estão atribuindo a ela, de feminazi, TERF e bruxa.

“Feminazi, radifem, puta, bruxa. É hora de mudar. O ódio pelas mulheres é eterno”, disse JK Rowling, se esquecendo entretanto que por “mulheres” ela desconsidera mulheres trans em seu discurso de defesa de “sexo biológico” como único fator determinante para gênero.

VEJA TAMBÉM:  Transexual de 27 anos é morta a facadas e jogada do 7º andar de prédio no Centro de SP

Outro momento da autora que gerou acusações de transfobia foi quando perguntou “como se chamam as pessoas que menstruam”, novamente usando apenas sexo biológico como fator determinante para gênero. Desconsiderando não apenas mulheres trans como mulheres, mas homens trans como homens.

Após a série de declarações, JK figurou nos trending topics globais, com muitas críticas à britânica, inclusive de potterheads.

Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.