O Congresso de Honduras aprovou na última quinta-feira(21) uma emenda à Constituição para impedir a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo no país.

A manobra aumenta o expressivamente o número de votos necessários para uma mudança na emenda.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Honduras aprova emenda constitucional que impede legalização de casamento gay
Honduras aprova emenda constitucional que impede legalização de casamento gay (Foto: Pixabay)

O casamento homoafetivo é proibido pela Constituição hondurenha, e uma reforma Constitucional exigia o apoio de 128 deputados. Com a mudança, são necessários os votos de três quartos dos parlamentares para aprovar modificações.

“A legislação estabelece o que chamamos de bloqueio constitucional para impedir a legalização do aborto ou da união homoafetiva em Honduras nos próximos anos”, comemorou o deputado oficial e vice-presidente do Congresso, Mario Pérez, em sessão virtual.