Sabe o ator Márcio Kieling? Provavelmente você não saiba, já que ele foi pra Record em 2012 e desde então pouco se ouviu falar.

Mas na TV Globo, até quase uma década atrás, ele chegou a fazer papeis de alguma relevância em novelas como Malhação (onde o personagem Perereca foi seu auge), Desejos de Mulher e Pecado Capital.

Pois bem, se existia alguma dúvida se o ator tinha falecido ou se estava trabalhando na Record, a questão acaba de ser respondida. Márcio está vivo sim e voltou a ser assunto nas redes sociais após ser acusado de homofobia no Twitter na noite de ontem (7).

Tudo começou porque, como exemplar médio de homem hétero primitivo, ele decidiu ofender os torcedores de seu time rival, o Grêmio, com xingamentos homofóbicos, usando “gay” como se fosse ofensa, e ainda tentando usar a torcida gay do Grêmio, a “Coligay” como se ela fosse sinal de algum demérito.

Nos prints abaixo é possível ver tudo que ele escreveu em seu Twitter e foi correndo deletar depois da péssima repercussão entre seus poucos seguidores e também outros torcedores do Grêmio que logo após fizeram questão de ressaltar o orgulho que tem da “Coligay”:

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Pois bem. Estamos no século 21 e o mundo não é o mesmo da época em que você fazia (algum raso) sucesso, Márcio. E sendo assim, o fato de usar homofobia pra tentar agredir alguém em 2019, pega muito mal.

Confira algumas das respostas de seguidores e torcedores do Grêmio ao ator, que chegou a ser chamado de “atorzinho que virou perereca no sofá do Boninho” por um internauta:

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).