O pastor Ap Marcos Motolo, da Assembleia de Deus Vila Raquel, que fica em São Paulo, foi flagrado compartilhando uma publicação criminosa e mentirosa em suas redes sociais, em um claro crime de homofobia.

O bolsonarista fervoroso re-compartilhou no último dia 23 de setembro de 2020, um post dele mesmo feito em 2015, onde aparece a foto uma criança de 8 a 10 anos de idade, aparentemente em uma festa de carnaval vestindo uma fantasia com plumas.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ele então escreve na legenda: “OLHA OQUE ACONTECE QUANDO UMA CRIANÇA É ADOTADA POR GAYS”, sem qualquer fonte que comprove a afirmação, é claro, em uma grave acusação a todos os casais homoafetivos que formam famílias com filhos.

Homofobia: Pastor Ap Marcos Motolo acusa casais gays de abusarem de crianças (Foto: Reprodução / Facebook)
Homofobia: Pastor Ap Marcos Motolo acusa casais gays de abusarem de crianças (Foto: Reprodução / Facebook)

Nos comentários da foto ele chega a acusar casais gays de abusarem de crianças e deixarem as mesmas passando fome: “Essas crianças são estupradas, em cárcere privado e passam fome muitas vezes, se coloquem no lugar delas também”, escreveu o pastor em seu post cheio de homofobia.

VEJA TAMBÉM:  Aos berros, motorista de aplicativo expulsa casal gay do carro
Pastor Ap Marcos Motolo acusa casais gays de abusarem de crianças (Foto: Reprodução / Facebook)
Pastor Ap Marcos Motolo acusa casais gays de abusarem de crianças (Foto: Reprodução / Facebook)

Seria incrível ver qualquer pai ou mãe LGBT processando o pastor, fazendo ele ter que provar na Justiça a afirmação de que casais LGBTs abusam de crianças. Não pastor, onde se vê isso mais acontecendo – e com notícias e provas fartas quanto a isso – é justamente dentro da igreja.

O Põe Na Roda tentou entrar em contato com o Ap Marcos Motolo, mas não obteve retorno. De qualquer forma, avisamos ao Facebook sobre a postagem criminosa que deve sair do ar em breve.

Vale lembrar que mesmo assim, o pastor pode responder criminalmente pelo que publicou em suas redes sociais e QUALQUER LGBT pode processá-lo com base na equiparação de homofobia ao racismo que já vale no Brasil. Fica a dica! 😉

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).