Está correndo as redes sociais a denúncia de mais um crime terrível de homofobia.

Na madrugada do dia 8 de janeiro, estudante de Letras Jadson Gabriel, um rapaz de 25 anos, foi encontrado espancado violentamente com o rosto desfigurado.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ele foi encontrado em um prédio abandonado às margens da Av. Colombo, próximo ao Shopping Catuaí, em Maringá, no Paraná. Em estado inconsciente, Jadson provavelmente foi deixado para morrer no local.

Após ser levado ao hospital, foi confirmada fratura no crânio, dentes arrancados e tórax machucado, além de seus pertences roubados, dentre eles, bicicleta, tênis, celular e mochila. A suspeita é de um crime com requintes de homofobia.

Mais uma vítima da homofobia: Jadson Gabriel. (Foto: Reprodução / Twitter)
Mais uma vítima da homofobia: Jadson Gabriel. (Foto: Reprodução / Twitter)

Internado na enfermaria do Hospital Universitário de Maringá, Apesar de já se encontrar, embora em estado grave, fora de risco de morte, Jadson Gabriel ainda está em estado de choque, com dificuldade de falar e apresentando quadro de confusão mental. Não se sabe ainda se ele voltará de todos os danos neurológicos sofridos.

VEJA TAMBÉM:  Com resistência, ativistas LGBTs vencem atitude homofóbica de igreja

O pior é que há poucas informações sobre o crime com suspeita de homofobia. Autoridades, familiares e amigos buscam por testemunhas e imagens de câmeras de segurança para ajudar a esclarecer o caso. Se você tiver alguma informação, pode ajudar pelos telefones 44-998973566 ou 44-988301114.

Para ajudar nos custos médicos a família e seus amigos montaram uma vaquinha online. Para ajudar, clique aqui.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).