Crianças na Turquia tem recebido a seguinte orientação: parar de desenhar arco-íris. Isso porque autoridades do país acreditam que isso pode torná-las gays.

Tudo aconteceu depois que escolas de Istambul incentivaram crianças a exibirem desenhos pela janela de casa ou da escola como símbolo de esperança aos profissionais de saúde e pessoas isoladas durante a pandemia, enfeitando a cidade.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O Museu de Arte Moderna de Istambul se envolveu na ideia e também incentivou crianças a criarem suas próprias pinturas, exibindo-as no seu site também. Muitas dessas ilustrações , naturalmente, continham arco-íris.

Eis que o Ministério da Educação turco do governo de Erdogan, presidente do país,  passou às escolas um comunicado pedindo que desencorajem crianças a desenharem arco-íris, segundo informou o JPost.

Egitim-Sen, líder do sindicato dos professores do país, confirmou o pedido. Alguns professores chegaram a ser acusados de “espalhar propaganda LGBT através das crianças”.

VEJA TAMBÉM:  Casal lésbico é ofendido e assediado por funcionários de restaurante

SPoD, um grupo de defesa LGBT turco, postou sobre o assunto: “Não existe cor de ódio no arco-íris. Desenhos com arco-íris pendurados por crianças nas janelas de suas casas nos alegram e aquecem o coração. é por esse motivo que também usamos o arco-íris e dizemos mais uma vez #FiqueEmCasa”.

Em suas redes sociais, o SPoD fez questão de publicar vários dos desenhos de crianças contendo arco-íris, o que, segundo o governo da Turquia, deveriam ser desestimulados. Veja abaixo:

 

VEJA TAMBÉM:  Índia proíbe “Com Amor, Simon” e gera fúria nas pocs indianas

 

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).