O dono de um restaurante mexicano no Texas, nos Estados Unidos, teve que pedir desculpas publicamente a um casal gay insultado por um garçom homofóbico.

O incidente, acontecido na última quinta-feira (31), foi denunciado no Facebook pela mãe de um dos rapazes, Sandra Clement.


Assista também:


De acordo com o relato, ela chegou ao restaurante com o filho Miguel e seu namorado quando um garçom apontou pra eles de cara já fofocando com uma outra funcionária e dizendo ‘Jotos’.

O termo em espanhol quer dizer “bicha” de maneira pejorativa. A palavra chegou a ser repetida algumas vezes pelo funcionário que ria dos dois. “Os outros empregados na cozinha, a funcionária sentada na mesa e o garçom, todos riam de meu filho e seu namorado”, contou Sandra.

Sandra e seu filho Miguel.

Após a repercussão negativa na redes sociais, o restaurante veio a público pedir desculpas pelo ocorrido afirmando que o garçom que começou com a história foi demitido. Eles também afirmaram que irão educar seus funcionários a lidar com a diversidade.

“Não aceitamos este tipo de comportamento homofóbico por qualquer dos nossos empregados no Agave Jalisco”, dizia o comunicado em pedido de desculpas.

Como você pode ver abaixo, Sandra agradeceu em seu Facebook o posicionamento e atitude do estabelecimento, além de deletar o primeiro post em que denunciou a homofobia sofrida por seu filho e o namorado:


“Vamos ser gentis. Agradeço ao apoio dos membros do Agave Javali. Mostraram ter caráter e compaixão. Vou deletar os posts anteriores sobre o incidente e vamos seguir em frente como comunidade. Estou muito agradecida”, disse ela.

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).