Em entrevista ao canal do Youtube de Antonia Fontenelle, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, deu mais uma de suas declarações retrógradas, preconceituosas, criminosas e lamentáveis.

Ao falar de sua eleição à entrevistadora, o presidente Bolsonaro (que sim, foge de debates e da imprensa, mas pra youtubers, Ratinho e Luciana Gimenez – que não o confrontam – está sempre disposto a dar entrevistas) afirmou:

“Mudou o governo! Não é mais o PT que está aqui, onde a família era um lixo, onde os valores familiares não valiam nada, onde se aceitava qualquer coisa em nome da família”.

E continuou piorando ainda mais seu discurso: “Família é homem e mulher, tá lá. Emende a constituição, dizendo seja o que for e a gente vê como é que fica. Como eu sou cristão, eles vão ter que apresentar uma emenda à Bíblia. Não sei quem vai votar. Então, vou continuar agindo da mesma maneira”.

Na Internet, é claro que a declaração pegou muito mal entre internautas que lembraram ao presidente que, embora a constituição de 1988 não tenha sido atualizada nesta questão por omissão do Congresso, o CNJ editou a resolução 175 que proíbe que se recuse a reconhecer como família relações homoafetivas ou outras configurações familiares fora dos moldes tradicionais de “pai e mãe”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).