Recentemente, o ex-pastor Joshua Harris resolveu pedir perdão à comunidade LGBT, por ter feito muitas declarações homofóbicas no passado, enquanto ainda era um líder da igreja evangélica.

Autor do best-seller bíblico “I Kissed Dating Goodbye” (publicado como “Eu disse Adeus ao Namoro”), onde se posicionou contra namoros, sexo antes do casamento, divórcio e fez duras críticas aos homossexuais, ele chegou a dizer na publicação, que sentia nojo dos gays.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Eu nunca esquecerei a raiva e o nojo que eu senti naquele momento [quando viu um casal LGBT na rua]. Era muito errado, muito sujo”, escreveu ele, em um trecho do livro.

Entretanto, segundo o ex-religioso, o divórcio fez com que ele repensasse suas convicções. Por meio do seu perfil no Instagram, o ex-pastor pediu desculpas por espalhar suas antigas ideologias e estimular ódio contra os LGBTs.

VEJA TAMBÉM:  Dicas de segurança que todas as pessoas LGBT+ devem pensar antes de viajar

“Para a comunidade LGBTQ+, quero dizer que sinto muito pelos pontos de vista que ensinei em meus livros e como pastor em relação à sexualidade. Lamento ficar contra o casamento igualitário, por não afirmar seu lugar na igreja, e por qualquer forma que minha escrita e fala possam ter contribuído para uma cultura de exclusão e fanatismo. Espero que vocês possam me perdoar”, escreveu na legenda.