A vereadora pela cidade de São Paulo Erika Hilton (PSOL) foi ameaçada por um “garçom reaça”, na tarde da última terça-feira (26).

O homem chegou ao gabinete da parlamentar aos berros e pediu, repetidamente, para vê-la. “A vereadora tá aí? Eu quero falar com a vereadora”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O sujeito foi impedido pelos funcionários do gabinete de Hilton. Ele carregava uma mochila e usava máscara de proteção com a inscrição de uma cruz e os dizeres “Deus é amor”.

O homem deixou uma carta na qual manifestava o desejo de pedir desculpas por ter ofendido a vereadora pelas redes sociais.

“Eu acabei, por através das redes sociais, proferir ataques a sua pessoa no Twitter. Hoje venho pessoalmente lhe pedir desculpas”, afirma a carta do invasor.

Em entrevista a Folha de SP, Hilton denunciou que esta é a segunda vez em menos de duas semanas que sofre ameaças dentro da Câmara dos Vereadores.

VEJA TAMBÉM:  Polícia de Pernambuco prende homofóbico que deixou jovem sem andar e falar

No dia 13/01, um funcionário da Câmara buscou por informações pessoais de Erika Hilton. Ele ameaçou “arrancar a cabeça” de trabalhadores da equipe da vereadora, segundo relato feito à coluna.

Erika solicitou à mesa diretora da Câmara o deslocamento de homens da Guarda Civil Metropolitana (GCM) para garantir sua segurança e integridade.

Participação no Põe na Roda Viva

Erika Hilton foi a convidada de estreia do novo programa de entrevistas mensal (sempre na última terça do mês as 20h) do Põe Na Roda, onde uma personalidade LGBT é sabatinada por jornalistas e influenciadores. Assista abaixo: