Lauren Jackson, uma mulher trans de 29 anos que vive no Estado de Oregon, nos Estados Unidos, foi agredida gravemente por um homem ao sair de um banheiro feminino.

Ela acabou tendo que passar uma semana internada no hospital após sair da cena do crime com múltiplos ferimentos na face incluindo ossos quebrados, de acordo com o relatório da polícia divulgado pelo portal Pink News.

Ao deixar um banheiro público, Lauren se dirigia para a praia, quando foi abordada pelo agressor Seth Costanza, de 37 anos, que já chegou dando um soco em sua face e continuando a agressão até que ela conseguiu fugir, pediu socorro e foi encaminhada ao hospital.

Sem dúvidas, uma das razões que tornam Lauren infelizmente um alvo mais fácil de agressores transfóbicos é o fato de estar no início de sua transição e aplicações hormonais (o que vale lembrar: é uma opção!). Nesta fase, sua condição de transexual mais visível e consequentemente vulnerável perante uma sociedade com ainda tanta transfobia.

Falando ao jornal Oregonian, Lauren afirmou sobre o momento da sua vida em que começa a viver sua transição de gênero e a agressão que sofreu: “Felizmente estou viva e os ferimentos estão se curando. Mesmo depois deste ataque, nunca me senti melhor na vida. Estou mais feliz, mais em paz e amando a vida mais do que antes!”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Encontrado pela polícia, o agressor agora responde pro crime de ódio, ameaças e agressão. 

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 100 milhões de visualizações e 800 mil inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).