Em pleno mês do orgulho LGBTQ+, Bia Kicis, deputada federal pelo PSL do Distrito Federal, sugeriu uma nova lei extremamente transfóbica.

Com a desculpa que quer “proteger atletas mulheres”, a política se apoia em um manifesto de representantes de mais de 30 países.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Lembrando que em março, a Federação de Atletismo alertou o estado de São Paulo, contestando que a proibição de mulheres transexuais em esportes femininos é ilegal.

A World Ahtletics, ex-IAAF, informa ainda que nenhum governo de nenhum local do mundo pode tomar tal medida. As informações são do Catraca Livre.

VEJA TAMBÉM:  Ministro da Educação diz que homossexualidade ocorre em famílias desajustadas; assista

E para completar, ainda este mês, outro deputado bolsonarista colocou em pauta um projeto transfóbico para retirar o direito de pessoas trans alterarem seu nome legalmente.

 

Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.