Depois de ser acusada de racismo e homofobia, agora a ex-jogadora de voileibol, Ana Paula Henkel, está sendo chamada de transfóbica e novamente homofóbica. Que combo!

Parece que a denúncia de homofobia do assessor Alexandre Alvim, que chegou a registrar Boletim de Ocorrência e estuda processá-la, motivou outras vítimas de xingamentos preconceituosos da ex-atleta a se manifestarem na Internet.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O produtor Cultural Ian Sena também foi xingado de maneira preconceituosa pela ex-jogadora. “Passei pela mesma situação com a Ana Paula Henkel em um story dela que criticava o Ministro Alexandre de Morais, do STF. Só comentei que Queiroz estava preso e ela me respondeu simplesmente me chamando de ‘Viado feio’ e ‘Brega'”, disse Ian. Veja abaixo os prints de Ian Sena:

Outra que foi vítima dos preconceitos de Ana Paula foi a estilista Callicore, também alvo por conta de considerações que fez a posicionamentos políticos públicos da ex-atleta, que pelo visto sabe que vive em uma democracia da mesma forma que não sabe diferenciar opinião de discurso de ódio e preconceito.

VEJA TAMBÉM:  Aos 90 anos, lésbica processa força aérea 60 anos após ser demitida por ser homossexual

Com toda sua maturidade e equilíbrio, Ana Paula respondeu a crítica política de Callicore da seguinte forma: “Minha filha, tem espelho na sua casa? Hahahahah você parece um travesti! Olha seu cabelo, sua roupa! Seu corpo! Olha você! Puta que pariu! Você é feia demais! Hahaha”. Veja o print abaixo:


Em sua mensagem, Ana Paula conseguiu não apenas cometer crime de injúria, mas também de LGBTfobia ao usar travesti como se fosse ofensa e ainda no gênero errado.

À Ana Paula, Callicore se limitou a responder: “Obrigada! Melhor feia do que envergonhar uma nação. Sendo uma fascista de genocida contra a democracia. Sentiu o nível da diferença, uma feiura vem de fora, a outra está entranhada na sua falta de caráter”.

Já é a terceira denúncia de ofensas criminosas de Ana Paula, se utilizando minorias como xingamento ou demérito. Que horror! Mais alguém aí que foi ofendido por ela?

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).