Em um caso bizarro que mistura extorsão e LGBTfobia, um criminoso tomou 40 mil libras – ou mais de 300 mil reias convertendo – de gays que conheceu em um site de namoro, ameaçando expô-los como pedófilos ou tirando-os do armário.

Sam Shepherd, de 28 anos, vive em Portsmouth, no Reino Unido e foi condenado a seis anos de prisão no Tribunal Crown de Bristol depois de ser considerado culpado de ao menos duas acusações de chantagem, de acordo com o Bristol Post.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Shepherd achava suas vítimas no site FabGuys.com. Suas chantagens variavam de ameaçar falar publicamente que a pessoa era pedófila, o que deixava as vítimas já acuadas em pânico, ou até tirar do armário homens enrustidos. O armário inclusive era sua maior arma, uma vez que este era o maior medo destes homens.

VEJA TAMBÉM:  Vídeo: Homofóbico põe fogo em bandeira LGBT durante live enquanto grita: “Degenerados filhos da p*”

Em um dos casos, depois de iniciar a conversa, o criminoso ameaçou expô-lo publicamente por falar com um menor. A vítima negou ter feito isso, mas ele concordou em fornecer dinheiro ao homem para impedi-lo de tornar públicas as acusações.

Sam Shepherd, criminoso extorquia gays em site de namoro. (Foto: Reprodução)
Sam Shepherd, criminoso extorquia gays em site de namoro. (Foto: Reprodução)

Ao longo de vários meses, Shepherd exigiu dinheiro e conseguiu até comprar um carro Peugeot com o tanto que arrecadou. Uma das vítimas que ele chegou a encontrar em um hotel chegou a dar 34 mil libras para ele.

Depois deste, sua segunda vítima foi um cara de quem tirou 10 mil libras. A vítima posteriormente se abriu sobre sua sexualidade com seus pais e mudou-se de Bristol, temendo por sua segurança.

Nicholas Clough, advogado do criminoso, alega que seu cliente inicialmente entrou no site de namoro com intuito de “caçar  pedófilos”, mas ele logo se voltou para a extorsão ao perceber que “ganho financeiro” era uma possibilidade real.

VEJA TAMBÉM:  Na Venezuela, atores são presos por interpretarem policiais gays em peça teatral

Clough disse que Shepherd estava “em dívida” na época e insistiu que ele “não se comportará dessa maneira novamente”, conforme aprendeu com a experiência.

Ao proferir sua sentença, o juiz Michale Longman disse que a chantagem é um “crime horrível e perverso”. Shepherd foi condenado a seis anos de prisão.

Enquanto isso, uma segunda audiência foi marcada para 21 de setembro para determinar se os fundos extorquidos poderiam ser devolvidos aos homens.

De qualquer modo será complicado… Clough disse ao tribunal que Shepherd está em condições de devolver £ 20.000 do dinheiro roubado. O resto ele gastou.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).