Um vídeo gravado por uma câmera de segurança no último dia 6 de julho, pode ajudar a polícia a identificar os agressores, que poderão ser os primeiros do país a ser enquadrados na Lei do Racismo por homofobia.

Nas imagens, eles perseguem e xingam e agredirem Antônio de Oliveira Filho, jovem homossexual de 24 anos, no bairro de Bueno, considerado de classe média alta em Goiânia.

O crime aconteceu quando o jovem ia ao comércio da família, local onde ele trabalha. Na rua, por volta das 7h da manhã, ele foi abordado pelos suspeitos que iniciaram insultos gratuitamente.

Segundo a vítima, um dos agressores jogou um copo em sua direção e ainda o agrediu com um soco no rosto. “Me xingando de ‘viado’, de ‘bicha’, falando que minha roupa era roupa de ‘bicha’, que eu tinha que morrer porque não é certo ser ‘viado’. Que eu era ‘viado’ porque eu não apanhei o suficiente quando eu era criança. Que eles iam me ensinar a ser homem na porrada”, contou. No vídeo, é possível ver o momento em que o jovem sofre agressões, é hostilizado, e sai correndo.

O caso já está registrado no 4° Distrito Policial de Goiânia. Segundo o delegado- titular, Carlos Caetano Júnior, se os suspeitos não se apresentarem na delegacia, será decretada a prisão preventiva. “Agora com a criminalização da homofobia vai ser mais fácil (o indiciamento). Além do depoimento, consideramos as imagens essenciais”, explica ele.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Assista ao vídeo abaixo: