Segundo dossiê divulgado pela Associação Nacional das Travestis e Transexuais (Antra) nesta sexta-feira (29), o Brasil lidera o ranking de assassinatos a pessoas trans em todo o mundo.

Ainda segundo o levantamento, foram 184 assassinatos de pessoas transgênero em 2020. As informações foram obtidas pela CNN Brasil.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Brasil lidera ranking mundial de assassinatos de pessoas trans
Brasil lidera ranking mundial de assassinatos de pessoas trans (Foto: Pixabay)

São Paulo foi o estado com o maior número de assassinatos seguido por Ceará, Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro (que registrou um aumento de 43% em relação a 2019).

Bruna Benevides, secretária de articulação política da Antra, entende que esse cenário é reflexo da omissão do governo.

“Até o momento, não houve ações específicas para enfrentar essa violência, o que nos faz acreditar que seria uma falsa simetria afirmar uma diminuição de violência de forma “espontânea” e sem investimento material, pessoal ou institucional do Estado em uma política de enfrentamento do transfeminicídio”,

VEJA TAMBÉM:  Youtuber engana mulher trans em situação de rua com comida estragada

O relatório trouxe também um apontamento sobre a realidade da população transgênero durante a pandemia. Cerca de 70% dos trans no Brasil não tiveram acesso as políticas emergências do Estado.

O documento foi encaminhado à Organização das Nações Unidas.