Uma mulher trans adolescente que vive na cidade de Antuérpia, na Bélgica foi cercada por três homens que tentaram agredí-la e abusá-la sexualmente. Ela felizmente conseguiu escapar após morder o pênis de um deles.

Segundo relatos da polícia publicados pelo jornal Metro, a abordagem aconteceu quando a jovem tomara um ar do lado de fora do clube Red & Blue da cidade. Os homens chegaram a abordando e obrigando a entrar em um carro, onde a levaram para um apartamento.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
A abordagem aconteceu na rua da boate Red & Blue.

A idade dos agressores seria 34 anos, 24 e 25 anos. Já no veículo, um dos três começou a apalpá-la. A vítima teria tentado reagir contra, mas violentamente os dois a contiveram no banco de trás. Sem escolha, ela foi levada a um apartamento no bairro de Deurne na Antuérpia.

Assim que entraram no apartamento, a vítima simulou que faria sexo oral em um dos três, e de maneira muito rápida, mordeu com força o pênis de um dos rapazes, que gritou, assustando a todos enquanto ela saiu correndo, conseguindo fugir enquanto um agonizava de dor no chão e os outros dois tentavam acudi-lo.

VEJA TAMBÉM:  Ministério de Damares publica relatório sobre população LGBT nas prisões do Brasil

Tanto a identidade da vítima quanto dos agressores foram preservadas pela reportagem original.

O advogado da vítima disse à reportagem: “Minha cliente transacionou de gênero há pouco tempo. Aquela noite foi uma de suas primeiras em sua identidade feminina, o que torna a ação ainda mais grave”. Ele pede agora uma indenização de 7.856,96 euros a cada um dos agressores que já tiveram prisão decretada de seis anos cada um.

A princípio, os agressores negaram as acusações à justiça. Ainda assim, a polícia conseguiu através de exame de DNA provar a evidência do contato com o corpo da vítima e eles foram condenados.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).