Uma adolescente transexual foi espancada até a morte na cidade de Camocim, à 457 KM de Fortaleza. Keron Ravach foi atingida por pauladas e socos.

A jovem estava passando por um processo de transição de gênero e seus amigos a definem como uma garota tímida. Mas apesar de sua timidez, Keron sonhava em ser digital influencer.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:
Adolescente trans de 13 anos é assassinada no Ceará (Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal)
Adolescente trans de 13 anos é assassinada no Ceará (Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal)

A menina foi morta na madrugada de segunda-feira (04) e o suspeito do crime, um rapaz de 17 anos, foi identificado e apreendido. O delegado Herbert Ponte, da delegacia de Camocim contou ao O Povo que o garoto assumiu a autoria do crime.

O autor do crime afirma que teria feito um programa sexual com a vítima, mas que discordou dos valores e matou a jovem trans. Ele proferiu pauladas, socos, facadas e chutes contra a menina.

A Escola de Ensino Fundamental Francisco Ottoni Coelho, onde Keron estudava, emitiu uma nota de pesar. “Neste momento de dor e indignação, toda comunidade escolar se solidariza com os familiares, amigos, colegas e expressa as mais sinceras condolências”, encerra o comunicado.