O digital influencer Leo Picon está sendo acusado de transfobia por um comentário feito em seus Stories do Instagram.

Respondendo a perguntas de seguidores, Leo Picon foi questionado: “Já beijou homem?”. E foi aí que veio a parte problemática que dividiu a Internet.

Ele respondeu: “Sim, em 2015. Beijei um homem em Madrid. Tava com amigos e beijei ‘o’ transexual mais famoso da Espanha numa balada sem saber que era uma trans. Aí me contaram e fiquei triste por ter sido enganado”. Ao final entretanto, ele diz que foi bom: “Mas foi legal, valeu a pena. Recomendo”.

Leo Picon é acusado de transfobia por se dizer enganado por mulher trans. (Foto: Reprodução / Instagram)
Leo Picon é acusado de transfobia por se dizer enganado por mulher trans. (Foto: Reprodução / Instagram)

Nos comentários pela Internet, é claro que heteros cis ignorantes estão defendendo o Leo Picon. Entretanto, muitos LGBTs e aliados héteros cis se posicionaram defendendo a mulher trans e explicando que não seria nenhuma “engranação”.

Poxa… Quanto custa entender que genital não define gênero? E que mulheres trans são mulheres como homens trans são homens?

Se você for hétero, cis e tiver lendo esta notícia, faz o seguinte: assista aos vídeos abaixo e se informe antes de reproduzir ignorância e preconceito – como o comentário do Leo ainda que tenha sido feito sem maldade – que só estigmatizam ainda mais pessoas trans.

 

 

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).