Um jovem negro gay, o blogueiro de viagens Robson Gael, denunciou através de sua conta no Instagram que foi agredido por três homens brancos, na tarde do último domingo (5), enquanto passeava com seu cachorro em uma rua do centro de São Paulo.

Gael conta em um vídeo sequência ao da agressão que foi abordado pelos três homens simplesmente pelo fato de ser um jovem negro gay, visto que sequer havia quaisquer outros motivos para justificar o crime. Os homens o teriam o xingado de “viadinho” e “preto safado” até que a confusão começou

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Os agressores, além de baterem no jovem, deram chutes em seu cachorro, cujo desespero era notável no vídeo: “Eles estavam bêbados, drogados possivelmente, mas isso não é base para que eles saiam agredindo as pessoas”, diz Gael em sua denúncia expondo os ferimentos na boca e no rosto.

 

Jovem negro gay: o alvo do racismo e da homofobia

“A sensação que tenho é de impotência. Em um país em que a maioria das pessoas são negras, temos que passar por uma situação dessas”, lamenta Gael, chorando em seu vídeo. A polícia chegou ao local no momento das agressões, mas NADA FEZ CONTRA OS CRIMINOSOS.

O vídeo foi registrado por um morador da região e mostra inúmeras pessoas que passavam pelo local sem intervir na briga. Em determinado momento, agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) tomaram como única medida a retirada dos criminosos do local.

Agressões gratuitas como esta são vistas todos os dias contra gays e negros e os números aumentam. Gael registrou um boletim de ocorrência e lavrou um termo circunstanciado contra os agressores que não foram autuados ainda.