O jovem gay José Ávila Carneio, 21 anos, morador da cidade de Irauçuba, no Ceará, usou as redes sociais na última quinta (05) para denunciar o namorado que o teria agredido com enforcamento e mordidas o impedindo de sair de casa.

No Instagram, Ávila relata: “Oi gente venho por meio desta publicação falar sobre o que aconteceu comigo e com o Paulo Araújo. Eu estava com ele em sua casa passando uns dias ele sempre foi um pouco ciumento, e um pouco agressivo. Mas nunca me passou pela minha cabeça que ele poderia fazer oque fez comigo, fui espancado por Deus não morto”.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

O jovem gay continua: “Pelo próprio Paulo fui enforcado para que não pudesse sair da casa. Fui mordido. Quando fui falar com os policiais falaram que não foi flagrante então punição… Será difícil. Então ao menos posso expor esse cara e que outras pessoas não passem o que passei em suas mãos.

Falamos com José pelo Instagram e ele disse ao Põe Na Roda que “Não foi a primeira vez que ele me tratou mal uma vez nós shopping ele tentou me bater e levou meu celular por ciúmes. Só recuperei meu celular novamente porque conheço o dono do shopping e me ajudou com segurança para encontrar ele e me devolver meu celular”.

O jovem gay não conseguiu ajuda na polícia

Ávila foi à polícia no dia da agressão, mas não encontrou refúgio e mal conseguiu fazer o boletim de ocorrência. Em suas redes ele posta a foto do suposto agressor, que não reproduziremos aqui, e também faz uma vaquinha virtual para custear seu tratamento físico e psicológico, para ajudar, clique neste link.

VEJA TAMBÉM:  Glamour Garcia revela que foi ameaçada de morte por ex