Um homem está preso há dois anos após ameaçar compartilhar fotos íntimas que ele recebeu de homens que conheceu no Grindr. O caso aconteceu em Leicester, no Reino Unido.

Mohamed Mohamed, um estudante de 22 anos, dizia para as vítimas que iria compartilhar os nudes com amigos e colegas, caso não recebesse o que queria: dinheiro.

O juiz responsável pelo caso disse que a atitude do jovem transparecia “elementos de sadismos e poder”, uma vez que ele teria “dificuldade emocional” por não aceitar sua própria sexualidade.

O Tribunal da Comarca de Leicester ouviu Mohamed, que contou alguns casos mais desagradáveis. Segundo o PinkNews, em um dos ataques, depois de receber as fotos íntimas de um homem casado, o estudante pressionou a vítima.

“Como você acha que seu marido se sentiria depois que eu mostrar a ele todas as fotos que você me enviou? E você acha que seu chefe demitiria você assim que eu enviar por e-mail para ele também?”, ameaçou ele.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

A vítima, ouvida pela polícia, disse que se sentiu obrigado a avisar as pessoas envolvidas no ataque sobre as ameaças.

Um promotor disse ao Leicester Crown Coirt que o rapaz “estava preocupado com a exposição” porque todos os seus conhecidos o “considera muito respeitado”.

Mohamed confessou o crime à polícia e revelou que cobrava 150 libras por pessoa.

Fonte: Pink News.