VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Mais um dia difícil para os passadores de pano da autora da saga Harry Potter, JK Rowling.

No dia de ontem (29), sua conta no Twitter deu like em um post da conta radfem “We The Females”, que defendia um projeto de lei contra a proibição (ou seja, que é a favor da permissão) de terapias de conversão (vulgo tortura) para pessoas trans e gays no Canadá.

O tweet em questão dizia: “JK Rowlling, muito obrigada do Canadá, onde o direito das mulheres em ter privacidade no banheiro foi desconsiderado com a Lei C16. Agora com a Lei C8 querem criminalizar terapias de conversão para que crianças aceitem o corpo em que nasceram. Você nos dá esperança #EstamosComJKRowling #ParemALeiC8”.

Sabe-se que terapias de conversão, conhecidas popularmente como “cura-gay”, são verdadeiras torturas e sem qualquer efeito prático senão sofrimento à pessoas LGBTs que se submetem não por uma vontade própria, mas muitas vezes forçadas pela própria família ou pelo próprio medo de ser LGBT na sociedade. Entenda mais sobre o assunto assistindo ao vídeo abaixo:

Vale lembrar que não é a primeira vez que a conta do Twitter de JK Rowling dá like em posts LGBTfóbicos. No último mês a autora acabou sendo acusada até de ser transfóbica pela maneira como se posicionou em relação a pessoas trans publicamente. A atitude gerou uma onda de rechaço por parte de muitas celebridades, inclusive o trio protagonista de atores da saga Harry Potter.

Na Internet, novamente e felizmente, mais uma atitude LGBTfóbica de JK Rowling foi rechaçada pela maioria.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).