Já falei que sou noveleiro. Mas isso é bom porque posso esclarecer algumas coisas aqui para nós. Para ter bom enredo, tem que ter umas situações inusitadas e, às vezes uma forçada de mão nas coisas.

Médicos devem se arrepiar com curas de doenças que só acontecem em novela e, os advogados se arrepiam com as teses jurídicas que são levantadas pelos autores. Eu vi o Walcyr Carrasco um dia em um jantar na casa de amigos mas, tenho vontade de falar com ele sobre como abordar temas jurídicos.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

É coisa de novela o que está acontecendo com o personagem Agno que é feito pelo ator Malvino Salvador.

Ele está com medo de que – se em Juízo descobrirem que ele é gay – perca seu patrimônio.

Grossa mentira: NINGUÉM PERDE A MEAÇÃO DE SEUS BENS POR CONTA DE SUA CONDIÇÃO SEXUAL. Se você ainda mantem um casamento de aparência por causa disso, saia logo do armário e do casamento.

VEJA TAMBÉM:  Estado de SP é condenado a indenizar mulher lésbica por negar licença-adoção

Se você é hétero entre aspas e, resolve se assumir sua condição a separação vai se dar pura e simplesmente de acordo com o regime de casamento. Aqui, aparentemente ele tem direito à metade de todos os bens que possuir no casamento.

A Constituição Federal e o Direito de Família brasileiros, impedem que alguém seja punido desta forma ou qualquer outra forma por conta de sua condição sexual. Ainda que ele não fosse gay ou fosse um matador ou um criminoso de qualquer espécie, a meação do patrimônio sempre lhe seria garantida no momento da separação. Se, ele quer dar um golpe na esposa isso é outra coisa mas, também não existe a história de que a pensão para uma mulher como a dele seria de apenas um salário mínimo. Mas isso é um assunto para outro dia.

VEJA TAMBÉM:  Unesco reconhece união homoafetiva como patrimônio mundial