Na última sexta-feira (29), as Ilhas Cayman aprovaram o casamento civil entre casais homoafetivos. O Supremo Tribunal do arquipélago do Caribe determinou que proibir este tipo de união é algo contra a lei, e portanto, deveria ser permitido.

O caso vem após o pedido da advogada caimanesa Chantelle Day, que quis consumar sua união e apelou até a Suprema Corte após ter o pedido negado.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

Ela e a esposa, Vickie Bodden Bush, são britânicas e poderiam se casar no Reino Unido, mas vivem nas Ilhas Cayman onde gostariam de ter a união reconhecida.

Com a decisão, é provável agora que em um futuro próximo, outras ilhas caribenhas de colonização britânica sigam o exemplo, como Ilhas Virgens Britânicas, Monserrat, Anguila, Caicos e Ilhas Turks.

Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).