O reverendo de uma igreja anglicana que ostenta bandeiras trans e arco-íris disse que ficou “animado” com o apoio da comunidade local e da paróquia depois que um troll anti-LGBT + deixou uma nota homofóbica “assinada por Satanás” em seu altar.

A Igreja de São João, em Felixstowe, no Reino Unido, exibe bandeiras do orgulho na maioria dos sábados “para que as pessoas saibam que estamos abertos a todos”, como explicou o reverendo Andrew Dotchin ao Ipswich Star.

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

No domingo, 15 de dezembro, ele chegou à igreja e encontrou uma carta em seu altar, que dizia: “As bandeiras mundanas de Satanás que você ostenta do lado de fora deste edifício não são de Deus”.

Ele então compartilhou uma foto da nota no Facebook, perguntando ao crítico anônimo: “Quem colocou as cores no arco-íris?”.

Veja o post original em seu Facebook:

VEJA TAMBÉM:  Araraquara ganhará 1º abrigo para LGBTs expulsos de casa

“Eu me preocupo com pessoas que odeiam por amor ao ódio”, disse ele à Star.

“Um dos meus paroquianos idosos disse que estava preocupado com a citação, porque não é quem somos na igreja.”

Depois de compartilhar a nota online, o reverendo Dotchin foi inundado com mensagens de apoio.

“Meu filho faz parte da comunidade LGBTQ e estava extremamente empolgado ao ver esse ato de aceitação, então obrigado por fazê-lo sentir que pode pertencer à igreja sim“, escreveu uma mãe da comunidade local.

“Eu não sou religioso, mas meu amor por esta igreja e sua aceitação é forte. Eles apóiam o grupo LGBTQ + de minhas filhas e meu filho se casou lá em setembro ”, acrescentou outro.

Muitos disseram à igreja para continuar agitando as bandeiras LGBT e Trans do lado de fora da fachada, com um seguidor acrescentando: “Independentemente de suas opiniões sobre o cristianismo ou a religião em geral, a tolerância à aceitação e a humanidade são os alicerces de ser uma boa pessoa”.

VEJA TAMBÉM:  Sem medo de se posicionar, Luísa Sonza agradece LGBTs por apoio e grita “Ele Não”; assista
Avatar
Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).