Em live realizada com Hugo Bonemer, Ícaro Silva aproveitou a pauta do racismo que está em evidência de modo global, para trazer o preconceito dentro da comunidade LGBTQ+.

O ator reflete que para os gays brancos, os gays pretos apenas são um objeto de desejo, assim como mulheres são para homens héteros. Confira:

VÍDEO NOVO DO PÕE NA RODA:

“Eu, como menino viado preto, bixa preta, vou falar para vocês, meninos bichas brancas: parem de hipersexualizar nossos corpos! Sacou? Parem de achar que a gente é o negão que vai satisfazer os seus desejos. Olhem para a nossa afetividade!”.

VEJA TAMBÉM:  Brooke Lynn Hytes defende competidora do "Canada's Drag Race" de xingamentos na internet

E isso não é novidade, não é? Infelizmente, muitos LGBTQ+ se “blindam” e utilizam da desculpa que sofre preconceito para ser preconceituoso com outras minorias.

Além de uma luta externa, há também uma luta interna por representatividade. Devemos lembrar: ser gay, bi ou whatever não se resume apenas à você. 

Avatar
22 anos, geminiano, mineiro, jornalista formado pela UEMG. Apaixonado por música e artes de modo geral. Ex-bailarino na teoria mas danço nas festinhas bastante. Sonho em ser amigo da Rihanna e da família da Beyoncé. Provável futuro ex-bbb e quem sabe vencedor da Fazenda.