Desde o dia 3 de abril que uma lei do pequeno país asiático de Brunei estabelece que a homossexualidade em seu território deve ser punida com pena de morte a apedrejamento.

A notícia causou péssima repercussão internacional e campanhas de boicote ao país, desde a operadora aérea Virgin Airlines, que cortou relações com o país, até artistas internacionais de peso fazendo campanha contra hotéis de luxo cujo dono é de Brunei e opera em vários países do mundo, muitos onde ser LGBT é plenamente aceito.

As Nações Unidas também já emitiram posicionamento em repúdio à medida “cruel e desumana”, segundo seu próprio comunicado.

Acontece que agora, após a visibilidade de famosos falando contra, os hotéis da rede de Brunei foram inundados com milhares de críticas em suas redes sociais.

Como resultado, as páginas e perfis de hotéis como The Dorchester e 45 Park Lane em Londres, Coworth Park em Aston, The Beverly Hills Hotel, Hotel Bel-Air em Los Angeles, Le Meurice e Hotel Plaza Athenee em Paris e o Hotel Principe di Savoia em O Milan, foram todas eliminadas. Já o O Hotel Eden, em Roma, tornou sua conta no Twitter privada.

No Twitter, a rede de hotéis de luxo, Dorchester Collection do Reino Unido, tentou passar o pano na crise postando o seguinte comunicado:

“A Dorchester Collection é uma empresa que valoriza diversidade e inclusão e não tolera qualquer tipo de discriminação. Por mais que a gente acredite em uma comunicação transparente e aberta, decidimos desativar as redes sociais do nosso hotel pelas mensagens de abuso direcionadas aos nossos empregados. Dorchester Collection valoriza a igualdade, respeito e integridade em todas as áreas de sua operação, valorizando a diversidade humana e valores de nossos hóspedes e funcionários”.

Muitos internautas começaram a reagir negativamente à declaração. Um questionou: “Igualdade e respeito em todas suas áreas de operação? Incluindo o país pra onde vão seus lucros??”.

Já outro disse: “Como podem dizer que não toleram discriminação quando seu dono mata gays por apedrejamento?? Tudo bem pra Brunei mas não quando vocês estão no Reino Unido??”.

Um outro comentou com toda razão: “Infelizmente, seus donos não concordam com essa afirmação”.

Veja abaixo a relação de hotéis pertencentes a Brunei, postado por Ellen Degeneres em campanha pelo boicote:

Criador Põe na Roda, canal do youtube de humor e informação LGBT desde 2014, com mais de 150 milhões de visualizações e 1 milhão de inscritos. Autor do livro "Um Livro Pra Ser Entendido", que desmistifica questões do mundo gay e sobre ser LGBT para todos os públicos. Também foi roteirista de TV (Amor & Sexo, Adnight, CQC, Furo MTV) e colunista (Folha de S. Paulo).